Blog do Maria

Arquivo : February 2011

Fla tem o Bonde do Bem. Botafogo é invadido pelo do Mal
Comentários Comente

Maria

 

A coreografia do título foi muito bem ensaiada pelos jogadores rubro-negros no Ninho do Urubu

O novo grito da Nação Rubro-Negra na arquibancada está mais do que ensaiado e já pode ser escutado após o primeiro gol, quando Ronaldinho Gaúcho se transformou na locomotiva do Bonde do Fla, que comemorou através de curiosa coreografia – vamos deixar claro que é o Bonde do Bem, porque esse negócio de Bonde dá o que falar.

Dependendo dos jogos,  a cada gol importante, o Bonde do Fla vai percorrer os gramados de vários estádios.

Aliás, a coreografia do bonde vinha sendo ensaiada nas peladas do Ninho do Urubu, o CT do Flamengo.

E o Bonde será embalado pelo funk rubro-negro. Eis alguns trechos:

“Tô em freio, tô sem freio, freio, freio, freio; É o Ronaldinho Gaúcho, é o Thiago Neves, é o bonde, é o bonde, bonde do Mengão sem freio…”

Enquanto isso, o Botafogo vive momentos difíceis. No treino de domingo, o clube alvinegro foi invadido por torcedores de um autêntico Bonde do Mal: os vândalos tentaram agredir os  jogadores e detonaram uma bomba. No Flu, nem tanto. Mas a insatisfação começa a tomar proporções perigosas.

O Vasco comemora o início de uma “ressureição”. Após a contratação do técnico Ricardo Gomes, o time parece ter decolado e se mantém invicto nos três jogos e com boas atuações: 3 x 0 Americano, 9 x 0 América (ambos pela Taça GB) e 6 a 1 Comercial (Copa do Brasil)


Fla campeão, gol do R10? Então tá liberado, tá tudo liberado
Comentários Comente

Maria

 

                         

                 O capitão R10 levanta a taça, que  não é a das bolinhas, mas merece ser comemorada

A festa foi completa e hoje ninguém dorme no Rio: o Flamengo derrotou o Boavista por 1 a 0 e conquistou a Taça Guanabara com um gol de Ronaldinho Gaúcho, grande ídolo e xodó da Nação Rubro-Negra. E se o título foi invicto ninguém pode contestá-lo. Agora é comemorá-lo.

Com a conquista,o Flamengo garantiu  sua presença na finalíssima do Estadual, podendo ser campeao Estadual antecipadamente caso vença a Taça Rio.

A comemoração começou no Engenhão, antes mesmo que o árbitro Marcelo de Lima Henrique encerrasse a partida e não tem hora para terminar.

A partida não foi fácil e o gol do Flamengo só aconteceu aos 26 minutos do segundo tempo em magistral cobrança de falta de R10.

 O Boavista perdeu a decisão, mas não se intimidou nunca, fez uma grande partida e merece os parabéns.

Por ter sido o autor do gol do título, Ronaldinho pode comemorar o título com tudo que tem direito: saia no bloco, cante, dance e  namore, porque está tudo liberado.

Só uma coisa: se tomar uma cervejinha não dirija.


No Rio, domingo de Fla x Boavista e de “Vai Tomar no Grajaú”
Comentários Comente

Maria

Um fim de semana especial para o carioca: se a Nação Rubro-Negra está ligada na decisão na  decisão da Taça Guanabara (Flamengo e Boavista decidem o título domingo), torcedores do Fluminense, Botafogo, Vasco e dos outros clubes não estão nem aí.

Até porque o Carnaval já começou. Querem ver? Neste sábado e domingo, oficialmente, 115 blocos de rua deslilarão pela Cidade. Alguns deles: “Fogo na Cueca”,“Imaginou? Agora Amassa!”,  “Imprensa Que Eu Gamo”, “Suvaco do Cristo”,  “Xupa Mas Não Baba”, “Vai Tomar no Grajaú”, “Perereka Sem Dono”, “Cutucando Atrás”,  “Carvalho em Pé”, “Espreme que sai”, “Só o Cume Interessa”, “Larga a Onça, Alfredo” e muito, mas muito mais.

Se Ronaldinho Gaúcho, que parece ter alma carioca pelo amor que demonstra ao samba, precisará estar ligado na decisão, jogadores dos outros clubes podem cair na folia.

Mas não liga não Ronaldinho. Até o Carnaval haverá muito mais. Agora, um detalhe importante: conquiste o seu primeiro título pelo Flamengo para que você possa cair na folia e ser festejado como merece ao desfilar na Portela e na Grande Rio, bem como no seu bloco “Samba, Amor e Paixão”, que desfilará na Praia da Barra, dia 7 de março.

Vamos ver o que acontece no campo de futebol e nas ruas do Rio.


Perguntar não ofende
Comentários Comente

Maria

 “Os clubes europeus precisam de alguma entidade para negociar as transmissões de seus jogos?

Bastou eu apoiar a decisão dos clubes do Rio no sentido de negociarem diretamente com as emissoras de televisão o faturamento pelas transmissões de seus jogos para o Mundo vir abaixo. Fui taxado de agente da CBF, da Globo, enfim … mas deixa pra lá, vivemos num regime democrático e faz parte.

Quero apenas dizer que concordo plenamente com o que os presidentes dos grandes clubes do Rio defendem. Embora não queiram se desfiliar do Clube dos 13, eles não abrem mão de discutir o faturamento desejado diretamente com a televisão interessada  em transmitir os seus jogos. Eles estão convictos de que conseguirão bem mais do que agora.

O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, tem toda razão ao afirmar que seu clube não pode receber 40% menos que os que integram o pelotão de cima, formado por Flamengo, Vasco, Fluminense e Corinthians.

Alega que a queda da audiência dos jogos do Botafogo está longe dos  40% .

 Portanto, Maurício Assumpção tem obrigação de brigar pelos direitos do seu clube. Assim como o presidente que considerar seu clube prejudicado na divisão.

Aliás, o faturamento dos clubes brasileiros é bem inferior ao  que os grandes clubes europeus recebem pelos jogos transmitidos pela TV.

O presidente do Barcelona, Sandro Rossel, disse-me que seu clube recebe 80 milhões de euros por ano. Ou seja em torno de R$ 185 milhões, o que significa R$ 15,5 milhões por mês.

Que os presidentes dos clubes brasileiros acordem e corram atrás do que se acham no direito de cobrar.

E se defender este ponto de vista é ser bandido, meu Deus, virei bandido e não sabia …


Rio está unido no grito de Liberdade. O Timão apoia
Comentários Comente

Maria

 Roberto Dinamite (Vasco),  Maurício Assumpção (Botafogo), Patrícia Amorim (Flamengo) e  Peter Siemsen (Fluminense) estão unidos nesta posição (foto divulgação)

 Não sou empresário, não entendo de negócios e posso estar equivocado no meu ponto de vista: mas apoio plenamente a decisão tomada por Botafogo, Corinthians, Flamengo, Fluminense e Vasco de não aceitar que o Clube dos 13 os represente  no momento de negociar contratos.

Além de cada clube saber exatamente onde o calo incomoda, acho que a participação do Clube dos 13 só aumenta o número de dirigentes em negociações. 

Até porque, nem sempre as posições da entidade consegue agradar todos os clubes. E nem poderia, pois cada um deles vive uma realidade.

E não são apenas 13. Na verdade, são 20 clubes: Atlético-MG, Atlético-PR, Bahia, Botafogo, Corinthians, Coritiba, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Guarani, Internacional, Palmeiras, Portuguesa, Santos, São Paulo, Sport, Vasco e Vitória.


Botafogo perde para o River Plate e Flu se complica
Comentários Comente

Maria

O Botafogo perdeu para o River Plate por 1 a 0. Não seria nada demais se fosse um jogo da Libertadores, em Buenos Aires e sob forte pressão da torcida argentina.

Porém, o River Plate em questão é sergipano, o jogo valia pela Copa do Brasil (uma espécie de “Copinha” entre profissionais), e, embora o confronto tenha acontecido em Aracaju, a grande maioria do público no Batistão torcia pelo Botafogo.

Meu espanto pela derrota se deu única e exclusivamente porque o time do Botafogo é muito, mas muito mais caro que o do River Plate.

Com bola rolando, foi pau a pau. Botafogo começou até melhor, mas o River equilibrou o jogo, criou várias chances e acabou premiado quase no fim, quando Bebeto Oliveira marcou o único gol da partida.

Joel Santana, suspenso, não ficou no banco e, mesmo longe do campo, era visível sua decepção. O Botafogo precisará vencer por diferença de dois gols para continuar na “Copinha”.

Vasco goleia

Com o Vasco a históra foi diferente: sua equipe enfrentou a do Comercial – MS, no Morenão, em Campo Grande, e ganhou de 6 a 1. Os gol foram marcados por  Marcel (2), Fellipe Bastos, Jeferson, Eder Luis e Rômulo. Anderson fez o do Comercial.

E golear não é novidade alguma para o Vasco de Ricardo Gomes. Pelo Estadual, sua equipe derrotou o Americano por 3 a 0, o América por 9 x 0 e, agora, pela Copa do Brasil, conseguiu outro resultado expressivo.

Outro favorito derrotado: o Atlético PR perdeu para o Rio Branco, do Acre, por 2 a 1.

Alguns resultados sem zebra: Comercial PI1 x 2 Palmeiras, IAPE 2 x 3 Atlétco MG, Bahia 5 x 1 São Domingos, Paraná 3 x 0 Gurupi, Fortaleza 4 x 1 Fast AM, Naviraiense MS 0 x 1 Santo André e Bare 0 x 1 Ponte Preta.

LIBERTADORES

O Fluminenese não parece aquele Fluminense campeão brasileiro. Ficou no 0 a o com o Nacional (URU) e se complicou porque o próximo confronto entre os dois clubes será em Montevidéu, com tudo contra.

Já o Internacional fez a festa da torcida no Beira-Rio ao golear o Jaguares (MEX) por 4 a 0. E o volante argentino Bolatti, autor de dois gols, conquistou de vez a torcida colorada. Leandro Damião e Oscar fizeram os outros gols.


De quem é a Taça? Sei lá. Viva o Cruzeiro
Comentários Comente

Maria

                 Wallyson, a alegria da torcida

Como cansam as confusões criadas pelos dirigentes e que, infelizmente, parecem sem fim.

As histórias realacionadas à  Taça das Bolinhas, bem como aos falsos ou verdadeiros campeões brasileiros, já ultrapassam o  limite da saturação.

E logo no momento em que o Cruzeiro brilha intensamente e vem de mais uma goleada na Libertadores: 4 a 0 sobre o Guarani, do Paraguai.

Viva Wallyson que está com a mania de fazer dois gols por jogo.

Futebol é dentro de campo e não em gabinetes refrigerados.

 


E agora CBF?
Comentários Comente

Maria

O Flamengo se considera no direito de exigir que o São Paulo lhe entregue a Taça das Bolinhas. Lembra que sendo reconhecido campeão de 1987, foi o primeiro clube a conquistar o Brasileirão cinco vezes.

O São Paulo se considera no direito de não devolver a Taça das Bolinhas. Lembra que o Flamengo só conquistou o título de 1987 no dia 21 de fevereiro de 2011, portanto bem depois de conquistar seu quinto título, em 2007. 

O Sport se considera no direito de ser o único campeão de 1987.  Lembra que entrou em campo para jogar e como o Flamengo não apareceu, ganhou o jogo por WO.

A CBF se considera no direito de não dar a Taça das Bolinhas para o Flamego.  Lembra que a Caixa Econômica decidiu fazer a entrega ao São Paulo.

A Caixa Econômica se considera no direito de não tomar do São Paulo a Taça das Bolinhas. Lembra que em abril de 2010, a CBF oficializou o Sport como único campeão em 1987.

Em tempo: A 50ª Vara Civil do Rio de Janeiro exige que o São Paulo devolva a Taça das Bolinhas à Caixa Econômica em 24 horas. Duvido que isso aconteça. Para que tudo seja resolvido, vamos colocar alguns dias. Ou melhor, alguns meses. Não, ainda é pouco: alguns anos.


Fla pode já pode comemorar Brasileirão de 1987
Comentários Comente

Maria

A Taça das Bolinhas também é do Flamengo

A CBF anunciou que o Campeonato Brasileiro de 1987 tem dois campeões: Sport e Flamego.

O presidente Ricardo Teixeira aceitou a exposição da presidenta do Flamengo, Patrícia Amorim, explicando ainda que o Departamento Jurídico da entidade reconhece o clube rubro-negro como campeão.

Patrícia Amorim agendará um encontro com o técnico Carlinhos e todos os jogadores que  participaram da conquista  em 1987 para que o oficialização do título seja comemorada:  “Hoje é um dia histórico para o Flamengo“, disse ela.

Mas é bom lembrar que, o troféu foi entregue ao São Paulo e que um outro precisará ser confeccionado porque agora o Flamengo também tem seis títulos.

Se bem que de acordo com os estatutos, o troféu pertence o clube que conqustou cinco vezes o Brasileirão. E como a CBF reconheceu o título de 1987, o Flameno foi o primeiro pentacapeão brasileiro. E agora?

Os seis titulos dos dois clubes:  Flamengo: 1980. 1982, 1983, 1987, 1992 e 2009; São Paulo:  1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008.


Sei lá… mas de repente R10 está certo
Comentários Comente

Maria

   

Tudo bem, folga é folga. Mas tratando-se de futebol, uma modalidade envolvida por desenfreada paixão, acho que todo cuidado é pouco, principalmente com a imagem.

Quanto menos aparecer melhor. Mesmo levando-se em conta que até agora ele nunca se atrasou ou faltou aos treinos – e ele não é disso -, considero perigosa esta exposição.

Uma coisa é certa:  se jogar bem ninguém o atacará, mas caso contrário …